Seminario Foto Antiga

D. Amândio Tomás foi a alt graciado, no passado dia 20 de Julho, com a Medalha de Ouro de Mérito Municipal.
Foi este o texto impresso e lido, na sessão solene realizada no Teatro Municipal, pelas 17.30 horas.

D. AMÂNDIO TOMÁS é natural do concelho de Chaves, onde nasceu em 1943. Entre 1955 e 1967, frequentou o Seminário de Vila Real, onde se licenciou em Humanidades, Filosofia e Teologia, vindo a ser ordenado presbítero em 1967 pelo Bispo D. António Cardoso da Cunha, a quem serviu como secretário. O mesmo Bispo enviou-o para Roma onde se licenciou em Teologia Dogmática pela Pontifícia Universidade Gregoriana. Regressado a Portugal, ensinou Teologia Dogmática no Seminário de Lamego. Posteriormente foi nomeado director espiritual do Seminário de Vila Real e ensinou Moral e Religião Católica no Liceu de Vila Real. Em 1976 está de novo em Roma, desta vez para se licenciar em Ciências e Exegese Bíblicas do Antigo e Novo Testamento, no Pontifício Instituto Bíblico. Ainda em Roma, por nomeação do Papa João Paulo II, exerceu as funções de vice-reitor e depois as de reitor do Pontifício Colégio Português, até Novembro de 2001. Novamente em Portugal, foi nomeado em 2001 Bispo Auxiliar de Évora, dignidade que exerceu até ser nomeado em 2008 Bispo Coadjutor de Vila Real, com direito a sucessão. Efectivamente, com a resignação de D. Joaquim Gonçalves, em 2011, foi D. Amândio José Tomás nomeado Bispo Titular desta diocese. Exerceu numerosos cargos e funções relacionados com a vida pastoral, sendo presentemente vogal da Comissão Episcopal de Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais. Em face do exposto, a Câmara Municipal de Vila Real deliberou atribuir a D. AMÂNDIO JOSE TOMAS, a Medalha de Ouro de M alt érito Municipal.